2021-11-02

A MACEDO VITORINO está na Web Summit Lisbon até dia 4 de Novembro! Vamos estar na FIL - Feira Internacional de Lisboa no maior evento de tecnologia da Europa.

Apresentamos a nossa nova plataforma de tecnologia jurídica e contract automation, o Key Terms, criada ao abrigo do programa MVLab - cujo propósito é apoiar start-ups na área de tecnologia jurídica. 

Esperamos encontrá-l@ lá! 

Partilhar
2021-10-28

A MACEDO VITORINO lançou hoje o programa MVLAB.

O MVLAB é um programa de apoio a start-ups na área de tecnologia jurídica. Através do MVLAB a Macedo Vitorino propõe-se ajudar start-ups no domínio das legal tech na análise e identificação de mercados alvo, desenvolvimento do plano de negócios, requisitos tecnológicos, identificação de plataformas de venda e marketplaces, parcerias com sociedades de advogados, empresas, entidades públicas e outros utilizadores de tecnologia jurídica.

O programa MVLAB integra-se na plataforma MVSTART, criada pela MACEDO VITORINO em 2015, cujo propósito é dar assessoria jurídica a start-ups. O programa MVLAB coloca um conjunto de valências jurídicas e técnicas e um conhecimento profundo do mercado jurídico em diversos domínios ao serviço das start-ups na área das tecnologias jurídicas.

Há muitos anos que a MACEDO VITORINO apoia start-ups. Nós próprios temos estado a colaborar no desenvolvimento tecnologia jurídica que brevemente anunciaremos. Decidimos lançar este projeto porque cremos que a advocacia e o Direito em geral ainda estão muito afastados da tecnologia. Os juristas continuam muito dependentes de tecnologias que emergiram no final do século passado, nomeadamente os processadores de texto e o email” afirmou António de Macedo Vitorino, sócio responsável pelo projeto. “O futuro está no desenvolvimento de melhores ferramentas de automação documental, análise documental e análise de riscos” concluiu António Vitorino.

A MACEDO VITORINO lança o programa MVLAB porque acredita que os advogados e os juristas em geral devem estar envolvidos no desenvolvimento de tecnologia jurídica. Até hoje as tecnologias jurídicas têm estado afastadas dos seus utilizadores. Há sistemas brilhantes do ponto de vista tecnológico que têm muitas dificuldades em se imporem porque são difíceis de utilizar e compreender por uma pessoa comum e, muito em particular, pelos juristas. Os criadores de tecnologia jurídica têm de procurar compreender aquilo que os juristas necessitam para exercer as suas profissões de forma mais eficiente e produtiva.

O programa MVLAB tem como foco principal cinco áreas: a automação de contratos, gestão de conhecimento, compliance, contratação pública e análise documental.

O propósito de promover o investimento em Portugal faz parte do ADN da MACEDO VITORINO. Em 2013 a MACEDO VITORINO criou a plataforma WHYPORTUGAL com vista a incentivar o investimento em Portugal e em 2015 a plataforma MVSTART para incentivar o investimento em start-ups. O programa MVLAB é mais uma contribuição da MACEDO VITORINO para o desenvolvimento de Portugal.

Ver pdf Partilhar
2018-07-06

O StartUP Voucher é um programa implementado pela StartUP Portugal para promover o empreendedorismo. No dia 5 de julho, o Governo aprovou o regulamento que será aplicável às próximas edições deste programa.

O StartUP Voucher aplica-se a projetos empresariais que ainda se encontrem em fase inicial, promovidos por jovens com idades entre os 18 e os 35 anos. 

Os candidatos aceites poderão receber os seguintes tipos de apoios:

  • bolsas  atribuída mensalmente, no valor de € 691,70;
  • orientação de mentores;
  • acompanhamento do projeto;
  • prémios de avaliação intermédia; e/ou prémios de concretização.

A candidatura é feita através de um formulário disponível no site do IAPMEI, após o aviso de abertura de concurso (que determina os prazos de cada fase e os critérios de seleção).

O apoio conferido através do StartUP Voucher tem uma duração mínima de 4 meses e máxima de 12 meses e compreende as seguintes fases: (i) 1ª fase - desenvolvimento da ideia, do conhecimento e/ou desenvolvimento da aplicação de resultados de I&D na produção de novos produtos e serviços; (ii) 2ª fase - desenvolvimento da tecnologia e do modelo de negócio; e (iii) 3ª fase - desenvolvimento do plano de negócios e criação da empresa.

Na avaliação inicial, a candidatura será analisada pelo IAPMEI. Em caso de avaliação positiva e aos projetos que, após hierarquização, cumpram os critérios de seleção, é concedido o StartUP Voucher por um período de 4 meses, para apoiar a 1.ª fase de desenvolvimento do projeto empresarial.

No final do 4.º e do 8.º mês, a candidatura será novamente avaliada por um júri para determinar se o projeto continua a reunir condições para a constituição de uma empresa. Na conclusão da 3.ª fase, o júri fará uma avaliação final do projeto.

 

Ver pdf Partilhar
2018-06-12
O Hub Criativo do Beato e a Macedo Vitorino & Associados estão em destaque na rubrica “Negócio do mês” da Advocatus.

Considerado como um dos maiores hubs da Europa, e assente em eixos estratégicos como empreendedorismo, inovação e conhecimento, o Hub Criativo do Beato (HCB) em parceria com a Macedo Vitorino & Associados, vêm na sua parceria a possibilidade de contribuírem para o desenvolvimento do empreendedorismo nacional e internacional.

José Mota Leal, project manager da Startup Lisboa, explica que “Vão também ser alocados vários serviços criando um novo spot na cidade. A ideia do hub é estar totalmente aberto e viver ao ritmo da cidade (…) Queremos atrair negócios muito centrados nas áreas de multimédia, do design, imagem, fotografa, som, arquitetura, moda...”.

Guilherme Dray, consultor da Macedo Vitorino, explica que o principal desafio neste momento é dar apoio para que o projeto passe para o terreno, que se prevê que esteja pronto em meados de 2019.

Refere ainda que “este movimento de trepidação em Lisboa é muito interessante e passa por nós. A cidade posiciona-se cada vez mais como cidade aberta, global, cosmopolita, com muitos jovens. E a parte internacional é boa para a produtividade do país. Queremos acompanhar isso”.

Ver pdf Partilhar
2018-04-19

Estamos em destaque na Advocatus com o workshop "Como proteger o meu negócio", que se realiza hoje, pelas 17h00, na DNA Cascais.

Este evento irá ajudar todos os empreendedores a saber mais sobre como podem proteger a sua startup e quais são os seus direitos enquanto titulares de direitos de propriedade intelectual.

Inscrições gratuitas aqui.

Ver pdf Partilhar
2018-04-09
A Macedo Vitorino & Associados é legal partner em exclusivo do Hub Criativo do Beato (HCB) - um dos maiores hubs de inovação e de tecnologia da Europa.

No artigo "Macedo Vitorino assessora o Hub Criativo do Beato", publicado pela Advocatus, é referido que esta parceria vem reforçar a relação já existente entre a sociedade de advogados e a Startup Lisboa, entidade responsável pela dinamização, programação e gestão do HCB, assim como da sua ligação à AIEL – Associação para a Inovação e Empreendedorismo de Lisboa, com quem também colabora e presta serviços jurídicos.

Responsável por assessorar o seu desenvolvimento e a sua implementação, para a Macedo Vitorino poder trabalhar com o hub, em parceria com a Startup Lisboa, é uma forma de aplicar o seu know how e expertise, neste caso a advocacia de investimento, à realidade do empreendedorismo e das startups que tão bem conhece.

João de Macedo Vitorino, sócio da sociedade, acrescenta ainda que “a inovação e o empreendedorismo são características que já fazem parte do ADN da Macedo Vitorino, e ser legal partner de um projeto desta dimensão e tão inovador é um desafio, e também uma forma de dar continuidade ao trabalho de assessoria que já prestamos a startups e empreendedores através do programa «MVStart».

O HCB está assente em eixos estratégicos como empreendedorismo, inovação e conhecimento, e com esta parceria a Macedo Vitorino tem também a possibilidade de contribuir para o desenvolvimento do empreendedorismo nacional e internacional, onde startups e players de referência na área da tecnologia e inovação veem Portugal como o destino ideal para investir.

Sobre a parceria com a Macedo Vitorino, Miguel Fontes, diretor executivo do HCB/Startup Lisboa, refere “A sua reconhecida competência e qualidade jurídicas, associadas à sua forte motivação em se constituírem num parceiro de referência da Startup Lisboa, fizeram da Macedo Vitorino & Associados a escolha certa para nos assessorar juridicamente no desenvolvimento e na implementação do Hub Criativo do Beato, projeto de uma enorme ambição, complexidade e exigência.” 

Posicionar e dinamizar Lisboa como uma cidade aberta, empreendedora, inovadora e criativa são alguns dos objetivos do hub, e a ideia é que o espaço seja uma âncora no desenvolvimento urbano da cidade, o que passará, também pela abertura das instalações à população, de modo a consolidar e reabilitar a zona.

Também a Advogar e o portal Sapo publicaram este tema.

Ver pdf Partilhar
2018-03-21

O StartUP Visa é um programa de acolhimento de empreendedores estrangeiros que pretendam desenvolver um projeto de empreendedorismo e/ou inovação em Portugal, com vista à concessão de visto de residência ou autorização de residência para imigrantes empreendedores, o qual se rege por regulamento próprio (Despacho Normativo n.º4/2018).

Este programa prevê um processo prévio de certificação de incubadoras para que possam ser entidades de acolhimento e apoio a imigrantes empreendedores na criação e instalação de empresas de base tecnológica.

A fase de certificação de incubadoras do programa StartUP Visa encontra-se concluida, tendo a respetiva lista das Incubadoras Certificadas sido publicada no site do IAPMEI.

Partilhar
2018-02-07

O “Startup Visa” é um programa de acolhimento de estrangeiros que pretendam desenvolver um projeto de empreendedorismo ou de inovação em Portugal. Podem agora candidatar-se à concessão de um visto/autorização de residência os empreendedores que:

  • tenham interesse efetivo em desenvolver em Portugal um projeto empreendedor, nomeadamente através da criação de empresa de base inovadora;
  • a atividade desenvolvida tenha como objetivo a produção de bens e serviços internacionalizáveis e inovadores;
  • o projeto tenha potencial para a criação de emprego qualificado (pelo menos 5 postos de trabalho no período de 24 meses); e
  • demonstrem que existe interesse de uma ou mais “incubadoras certificadas” em incubar o projeto empreendedor.

Para acolhimento e apoio aos empreendedores imigrantes na criação e instalação das suas empresas será disponibilizada uma lista de “incubadoras certificadas”, que serão responsáveis pelo apoio ao desenvolvimento de novos negócios durante o período de arranque, bem como pela prestação de diversos serviços, tais como a disponibilização de espaços devidamente equipados, o apoio administrativo e o contacto com o mercado.

Por cada candidatura apresentada, podem ser requeridos 5 vistos/autorizações de residência. A candidatura é submetida em língua portuguesa ou em língua inglesa, através de formulário eletrónico, e será posteriormente avaliada pelo IAPMEI, I.P.

As vantagens concedidas através do “Startup Visa” têm a duração do contrato de incubação.

Ver pdf Partilhar
2017-11-10

Estamos em destaque na Advogar com o tema 'RGPD - As 7 medidas a adotar”, um seminário que se realiza dia 14 de novembro, nas instalações da DNA Cascais.

Recordamos que este evento é dirigido a todos os empreendedores e startups que procuram compreender as principais novidades do novo RGDP, e serão abordados temas relacionados com as medidas a adotar na sua startup e as implicações deste novo Regulamento.

Iremos ter como oradora Cláudia Fernandes Martins, advogada sénior da Macedo Vitorino & Associados.

Pode inscrever-se até ao dia 13 de novembro, a entrada é gratuita mas sujeita a registo: aqui.

Ver pdf Partilhar
2017-02-07

“Como financiar a minha Startup” é o tema central do workshop que a Macedo Vitorino & Associados, em parceria com a DNA Cascais, realiza no próximo dia 16 de Fevereiro, em Alcabideche.

A iniciativa é dirigida “a todos os empreendedores que procuram compreender os diferentes tipos de financiamento da sua startup e as suas implicações”,  e terá como orador André Vasques Dias, sócio da Macedo Vitorino & Associados.

Ver pdf Partilhar